Você sabe identificar os símbolos das embalagens reclicáveis?

março 23, 2010

Eu achei muito legal esse post, do blog da Doural, que é uma loja de utnsílios de cozinha lá da rua 25 de março, aqui em são paulo. Eles também criaram um site sobre sustentabilidade, o Doural Sustentável.

Você sabe identificar o símbolo de reciclagem? Ele é o mesmo para latas de alumínio? E o óleo de cozinha, é certo jogá-lo no ralinho da pia?

Muito se fala nos dias de hoje sobre reciclagem, mas muitas informações ficam perdidas, pois não há campanhas específicas sobre o tema.

O que a grande maioria das pessoas sabem hoje sobre reciclagem foi o que elas ouviram aqui e ali. Ou leram em uma matéria – minúscula por sinal – em alguma revista.

Foi com a intenção de deixar esse tema um pouco mais claro que decidi escrever este blog. E, assim, identificar os símbolos e/ou o que fazer com determinados materiais.

Vamos começar pelo o que pode e não pode ser reciclado.

- O que pode: Garrafas e potes de vidro, garrafas PET, sacolas de plástico, papel e papelão, jornal, revistas, filme plástico de embalagem, latas de aço, incluindo a de aerossol, latas de alumínio, isopor, tampa de aço de pote e de garrafa, papel-alumínio e embalagem de marmitex, embalagem longa-vida, grampo, fios elétricos, lâmpada incandescente e fluorescente, entre muitos outros.

- O que não pode: Espelho, lenços de papel, papel higiênico, papel vegetal, absorventes e fraldas descartáveis, embalagem engordurada, louças, barbeador descartável, papel-carbono, esponja de aço, lata de tinta, etiqueta adesiva, clipe e grampo, cabo de panela, tomada, vidro refratário de panela e travessa para microondas.

- Alguns cuidados: todos os produtos recicláveis devem estar limpos. Os plásticos devem estar sem tampas. Vidros devem estar envolvidos em grossa camada de papel para não machucar o coletor do material. Papéis e sacos plásticos precisam estar secos, e as latas de metal devem ter as tampas pressionadas para dentro.

- Símbolos de identificação:

* Pode parecer um tanto óbvio, mas muitos não percebem a diferença entre Reciclável e Reciclado. Reciclável é aquele produto que pode ser reciclado e reciclado é o material que já passou pelo processo de reciclagem.

** Anti-littering é uma campanha com declarações voltadas para a necessidade de descartar a embalagem pós-consumo na lata de lixo.

- Símbolos em embalagens plásticas – Eles facilitam a triagem dos diversos resíduos plásticos que irão para a reciclagem:

- E o óleo de fritura? O que fazer?

Muitas pessoas, por falta de informação, jogam o óleo de cozinha usado pelo ralo da pia. Sem saber elas estão contribuindo para um dos grandes problemas de poluição em mananciais. Um litro de óleo pode contaminar até 23 mil litros de água. A maneira mais correta de se desfazer desse óleo é armazená-lo em garrafas pet e doá-lo a instituições que produzem biodiesel e sabão. Hoje, a produção de sabão com óleo de fritura é umas das fontes de rendas de muitas donas de casa. Você também pode ajudá-las doando esse material diretamente para elas.

- Coleta seletiva não é mesmo que reciclagem.

Coleta seletiva: É um sistema de recolhimento de materiais descartados para serem reciclados ou mesmo reutilizados.

Reciclagem: É o processo de transformação de materiais como plásticos, papel, metal e vidro, em novos produtos. Isso economiza matéria-prima, água e energia elétrica e diminui a quantidade de dejetos nos aterros sanitários.

Agora que você conhece um pouco mais sobre símbolos, coletas seletivas e reciclagem, tome uma atitude e contribua para um mundo melhor.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.